• Vinho Pommard Philippe Pacalet

Vinho Pommard Philippe Pacalet

  • R$839,20
  • R$796,00


Simulador de Frete

  • PRODUTOR - Philippe Pacalet formou-se em química, biologia e enologia, e é profundo conhecedor dos solos. Em 1991, entrou como régisseur no Domaine Prieuré Roch, que é um dos donos da Romanée-Conti. Hoje, cria seus vinhos de forma natural, sem o uso de defensivos e nem SO2, numa adega cavada na rocha borgonhesa. Os resultados são incríveis. Os vinhos são a verdadeira expressão de seus terroirs
  • TIPO DE UVA Vinho Pommard Philippe Pacalet Pinot Noir
  • REGIÃO PRODUTORA  Vinho Pommard Philippe Pacalet - Bourgogne
  • PAÍS Vinho Pommard Philippe Pacalet - França
  • SAFRA Vinho Pommard Philippe Pacalet - 2015
  • VOLUME Vinho Pommard Philippe Pacalet 750ml
  • TEOR ALCOOLÍCO Vinho Pommard Philippe Pacalet - 13º
  • TEMPERATURA SERVIÇO Vinho Pommard Philippe Pacalet -  13º à 16º
  • DEGUSTAÇÃO - Vinho Pommard Philippe Pacalet  Encorpado, com taninos firmes e boa acidez. Seu final de boca é marcado por notas de frutas vermelhas maduras e toques de especiarias, Frutas vermelhas maduras, como amoras e framboesas, notas de especiarias e toques de couro e terra
  • AMADURECIMENTO - Vinho Pommard Philippe Pacalet Em uvas inteiras classificadas sem SO2 com punção de duplo tempo por 4 semanas. Fermentação alcoólica com leveduras indígenas sem controle de temperatura artificial. Fermentação maloláctica em pedaços, Nas borras, a criação disse "redução" sem trasfega, com remuagem sem SO2 por 16 meses e 14 meses em barris de carvalho.
  • DESTAQUE Vinho Pommard Philippe Pacalet 
  • ACOMPANHAMENTO - Vinho Pommard Philippe Pacalet Carnes vermelhas grelhadas e assadas com molhos de média intensidade, carnes de caça, cordeiro, embutidos, queijos maduros, além de churrasco e guisados.
  • INFORMAÇÕES - Vinho Pommard Philippe Pacalet Argila e calcário. Na superfície mistura de seixos e argila em calcário para clima "Chanlins" em 20%; para o clima "Clos des Arvelets", 80% em mistura de superfície de argila vermelha e seixos em rochas calcárias.Estes dois climas estão voltados para o sul com um declive íngreme.O calor é menos sentida no clima "Clos des Arvelets "Porque o penteado dos temperos de Nantoux.
  • ANALISE DE LABORATÓRIO - Vinho Pommard Philippe Pacalet

Escreva um comentário

Você deve acessar ou cadastrar-se para comentar.

Etiquetas: Vinho, Chateauneuf du Pape, Porto Alegre, Curitiba, Floripa, São Paulo, Rio de Janeiro, brasilia, belo horizonte