• Vinho Viapiana Microlote Gros Manseng

Vinho Viapiana Microlote Gros Manseng

  • Marca: Viapiana
  • Modelo: VP00312
  • Disponibilidade: Sob encomenda
  • R$179,00


Vinícola Viapiana, A história de vinhos na família Viapiana chegou ao Brasil com a vinda dos primeiros imigrantes da Província de Mântova, na Itália.

Mais sobre o Vinho Viapiana Microlote Gros Manseng 

  • PRODUTOR - Vinícola Viapiana, A história de vinhos na família Viapiana chegou ao Brasil com a vinda dos primeiros imigrantes da Província de Mântova, na Itália. Datados de 1925, a família preserva o certificado e medalha recebidos pelo patriarca no primeiro concurso de vinhos em que participou, promovido no Brasil em comemoração ao cinquentenário da imigração italiana no país. Passada de geração em geração, a paixão pela produção de vinhos foi a motivação para, em 1986, ser elaborada a primeira safra da vinícola Viapiana.Sempre atenta às novidades em tecnologia e processos, tanto em vinhedos quanto em vinícola, em pouco tempo a Viapiana se consolidou como sinônimo de qualidade e confiança.Em 2009, percebendo o potencial enoturístico da região, inaugurou o Enoespaço Viapiana, evidenciando diferenciação e consolidando a marca em conceito grife.
  • TIPO DE UVA - Gros Manseng (Laranja, Leveduras Nativas)
  • REGIÃO PRODUTORA - Flores da Cunha
  • PAÍS  - Brasil
  • SAFRA - 2017
  • VOLUME - 750ml
  • DEGUSTAÇÃO - Vinho Viapiana Microlote Gros Manseng, Cor amarela-dourada. Aromas nozes, chocolate branco e maçã. Em boca é untuoso, saboroso e com final refrescante amanteigado
  • AMADURECIMENTO - Vinho Viapiana Microlote Gros Manseng, Leveduras nativas, contato com as cascas por 25 dias, tempo de carvalho 13 meses

Outras informações do Vinho Viapiana Microlote Gros Manseng

  • DESTAQUE - Vinho Viapiana Microlote Gros Manseng,
  • ACOMPANHAMENTO - Frutos do mar, sushi e frango com molho de ervas.
  • INFORMAÇÕES - Vinho Viapiana Microlote Gros Manseng,
  • ANÁLISE DE LABORATÓRIO - AÇÚCAR RESIDUAL 1,86 g/L | ACIDEZ TOTAL 6,98 g/L

Escreva um comentário

Você deve acessar ou cadastrar-se para comentar.