• Vinho Leyda Vineyard Talhuén Carmenere

Vinho Leyda Vineyard Talhuén Carmenere

  • Marca: Leyda
  • Modelo: GC0009A13
  • Disponibilidade: Esgotado
  • R$134,95


  • PRODUTOR - Vina LeydaFundada em 1998, a vinícola foi pioneira na vitivinicultura no vale do Leyda. Interessados no microclima da região, os criadores construíram uma tubulação que desviou parte do fluxo do rio Maipo por oito quilômetros, o que viabilizou o cultivo de uvas de qualidade. O sucesso foi tanto que, anos depois, outras vinícolas se instalaram no Vale do Leyda, que tornou-se uma denominação de origem em 2002 e já se transformou em uma das mais promissoras para o plantio de uvas brancas.
  • TIPO DE UVA Vinho Leyda Vineyard Talhuén Carmenere
  • REGIÃO PRODUTORA  Vinho Leyda Vineyard Talhuén - Vale do Colchagua
  • PAÍS Vinho Leyda Vineyard Talhuén - Chile
  • SAFRA Vinho Leyda Vineyard Talhuén - Sob Consulta
  • VOLUME Vinho Leyda Vineyard Talhuén - 750ml
  • DEGUSTAÇÃO - Vinho Leyda Vineyard Talhuén Vermelho profundo e escuro. Aromas de pimenta rosa e pimenta dedo de moça. Frutas como mirtilo, ameixa, chocolate amargo e café. Na boa, framboesa, amora, framboesa e morango.
  • AMADURECIMENTO - Vinho Leyda Vineyard Talhuén 12 meses em barril de carvalho
  • DESTAQUE Vinho Leyda Vineyard Talhuén 
  • ACOMPANHAMENTO - Vinho Leyda Vineyard Talhuén Ideal com costela suína com molho barbecue, risotos, lagarto assado e recheado, frango com polenta
  • INFORMAÇÕES - Vinho Leyda Vineyard Talhuén A Carménère é uma uva de maturação tardia, ou seja, uma das últimas a serem colhidas. Quando não atinge o ponto certo de maturação, entrega aromas herbáceos, muito semelhante ao cheiro do pimentão verde. Mas não este. Ele nos surpreendeu pela elegância e aromas finos que remetem a pimenta rosa e pimenta dedo-de-moça, maresia, ameixa, mirtilo maduro, chocolate amargo e café. Em boca, confirma as nuances do aroma, complementadas por taninos macios e acidez na medida certa.
  • ANALISE DE LABORATÓRIO - Vinho Leyda Vineyard Talhuén 

Escreva um comentário

Você deve acessar ou cadastrar-se para comentar.