• Vinho Herdade do Esporão Colheita Branco

Vinho Herdade do Esporão Colheita Branco

  • R$99,40


  • Compre 3 ou mais, pague R$95,80 por produto

Herdade do Esporãoem uma região desafiadora no interior de Portugal, o espírito de desafiar e superar limites fez com que fossem produzidos os mais tradicionais vinhos portugueses.Nascia a Herdade do Esporão "Fazer os melhores produtos que a natureza proporciona, de modo responsável e inspirador."

Mais sobre o Vinho Herdade do Esporão Colheita Branco

  • PRODUTOR - Herdade do Esporão, Situada no coração do Alentejo, em Reguengos de Monsaraz, a Herdade do Esporão, apresenta condições únicas para a agricultura – grandes amplitudes térmicas, solos pobres e variados e uma extraordinária biodiversidade que nos ajuda a produzir em equilíbrio com o meio ambiente. Com cerca de 702 ha de vinhas, olivais e outras culturas potenciadas pelo Modo de Produção Biológico. Neste território estão plantadas cerca de 40 castas, 4 variedades de azeitona, pomares e hortas.
  • TIPO DE UVA Roupeiro, Alvarinho
  • REGIÃO PRODUTORA - Alentejo
  • PAÍS - Portugal
  • SAFRA - 2017
  • VOLUME - 750ml
  • DEGUSTAÇÃO - Vinho Herdade do Esporão Colheita Aspeto límpido, cor citrina. As notas limonadas misturam-se com os apontamentos das frutas brancas que lembram o alperce fresco e um ligeiro vegetal que confere e amplifica a frescura. Na boca é vibrante e rico, com apontamentos minerais, final longo e persistente.
  • AMADURECIMENTO - Vinho Herdade do Esporão Colheita 4 meses sobre as borras

Outras informações do Vinho Herdade do Esporão Colheita Branco

    • ACOMPANHAMENTO -  
    • INFORMAÇÕES - Vinho Herdade do Esporão Colheita produzido exclusivamente de uvas cultivadas na Herdade do Esporão, seguindo práticas de agricultura biológica, que expressa a tipicidade do ano da colheita, diversidade de solos onde as vinhas estão plantadas e o caráter e identidade das castas selecionadas.
    • ANALISE DE LABORATÓRIO - Acidez Total: 6,90 g/l pH: 3,20 Açúcar Redutor: 1,5 g/l

    Escreva um comentário

    Você deve acessar ou cadastrar-se para comentar.